Para os que duvidam da conspiração da Nova Ordem Mundial

DavidRockefeller2
Para aqueles que ainda duvidam da conspiração da NOM, a narração no começo do vídeo é esclarecedora:

“Em 1991, numa reunião de portas fechadas com seus amigos internacionalistas, o bilionário e ex-presidente do Conselho de Relações Exteriores americano (CFR) David Rockefeller expressou admiração para com seus aliados da mídia. Mas sua confiança de que suas palavras não sairiam da sala fora quebrada depois.”

Aqui o que David Rockefeller disse na reunião.




“Nós somos gratos ao The Washington Post, The New York Times, Time Magazine, e outras publicações, das quais diretores participaram de nossas reuniões (aqui ele fala certamente do Groupo Bilderberg e possivelmente de outros como o CFR e o Clube de Roma) e restringiram suas políticas de discrição por quase 40 anos (mais de 60 anos hoje).”
Ele então continua:

“Seria impossível para nós desenvolvermos nosso plano para o mundo se estivéssemos sujeitos aos holofotes da publicidade. Mas o mundo está agora mais sofisticado e preparado para marchar em direção a um governo mundial.” 






Claro que o plano deles não iria para frente pois, se todo mundo soubesse disso, fatalmente não os deixariam fazer tal coisa.

Para os que não sabem: O Bank of America, o 
cartão de crédito VISA, a Esso (quem lembra do ‘Repórter Esso’ no Brasil?), a Monsanto, a Fundação Rockefeller, que tem sedes em vários países inclusive no Brasil, e muitos dos arranha-céus nas grandes cidade americanas tal como o famoso prédio Rockefeller Center (que dá o título da série de TV 30 Rock) são da Família Rockefeller, além do prédio sede da ONU em Nova Iorque que também foi “doado” por eles (mais fácil dizer que eles são os fundadores da ONU).


Adicionar legenda

Família ou dinastia Rockefeller (assim que eles gostam de ser tratados, como realeza). David é apenas o líder do momento. A Esso, por exemplo, veio da Standard Oil, fundada pelo avô do David, John D. Rockefeller, esse teria sido um dos responsáveis pelo ‘crack da bolsa de Nova Iorque’, em 1929.
Agora você começa a entender por que não se denuncia esse tipo de coisa nos principais jornais, revistas e TV, também conhecidos como ‘grande mídia’ ou ‘mídia corporativa’.

O tal acordo de ‘restrição das políticas de discrição’, ou simplesmente a censura desses meios de comunicação do qual ele fala acima continua válido até hoje.


A prova maior de que o plano deles (eles no plural por que existem outras famílias, não apenas os Rockefellers) está dando certo é que o mundo vem aos poucos se tornando uma comunidade global, blocos como a NAFTA (onde quase se instituiu uma nova moeda, o Amero, na América do Norte), o Mercosul e o da União Européia já existem e há também outros blocos no restante dos continentes (americano, asiático, africano, etc).

Postagens mais visitadas