Pular para o conteúdo principal

Encontro do IPCC Avalia Soluções de Geo-Engenharia (Chemtrails)


ipcc chemtrails geo engineering Encontro do IPCC Avalia Soluções de Geo Engenharia (Chemtrails)
Aquilo que já conhecemos comoChemtrails, cada vez mais aparentes nos céus de nosso Brasil, começa a ser apresentado uma das únicas soluções para combater o inexistente problema doaquecimento global. E quem organizou o evento foi logo o nosso conhecido IPCC, campeão em relatórios não científicos, e cuja reputação está lá embaixo após tantos escândalos. A matéria abaixo foi traduzida de um artigo publicado no site SciDev Net
[LIMA] Especialistas em Geoengineering (geoengenharia), que se reuniram esta semana para avaliar as propostas para manipular a terra para evitar um desastre climático, têm enfatizado que não estão planejando fazer recomendações sobre as ações que o mundo deve tomar, mas apenas avaliar se as propostas são baseadas em dados científicos sólidos.
Pulverização da atmosfera com aerossóis; mudar a cor das nuvens, e “fertilização” dos oceanos com ferro para aumentar a sua absorção de dióxido de carbono; foram algumas das opções tecnológicas avaliadas pelo grupo de peritos internacionais na primeira reunião mundial sobre geoengenharia esta semana (20-22 de Junho) no Peru.
Os resultados do encontro, fechado ao público e convocado pelo Painel Intergovernamental da ONU sobre Mudanças Climáticas (IPCC), contribuirá para o quinto relatório de avaliação do IPCC, previsto para ser publicado ano que vem.
Organizações ambientais e de direitos humanos de 40 países enviaram uma carta aberta ao presidente do IPCC Rajendra Pachauri, protestando contra o uso da geoengenhariapara mudar o clima. A carta considerava a prática “alarmante” e advertiu que o IPCC “deve tomar muito cuidado para não desperdiçar a sua credibilidade em um tema que está ganhando força justamente quando não há progresso real na mitigação e adaptação“.
Silvia Ribeiro, Latin America diretor da organização não-governamental Grupo ETC, disse: “Por uma questão política, é perigoso, porque vai permitir que os países industrializados fujam dos seus compromissos para reduzir as emissões de carbono oferecendo a perspectiva de uma solução rápida para o aquecimento global“.
Mas, em uma conferência de imprensa no Ministério dos Negócios Estrangeiros do Peru, o grupo de peritos do IPCC disse que está apenas de forma abrangente avaliando as tecnologias.
IPCC não dá recomendações“, disse Ramón Pichs-Madruga, co-presidente do grupo de trabalho, acrescentando que o grupo recebe todas as opiniões.
Christopher Field, diretor do Departamento de Ecologia Global da Instituição Carnegie para Ciência, Estados Unidos, disse que o grupo levou em conta todos os possíveis impactos das tecnologias de geoengenharia.
O grupo analisou uma série de técnicas, desde as mais simples como o plantio de árvores até as mais complicadas, como a gestão da radiação solar. Um exemplo deste último é a injeção de aerossóis na atmosfera.
Percebemos que não há uma única opção, nem há uma receita mágica, e todas as ações devem ser avaliados para que sejam tomadas as melhores decisões“, disse Ottmar Edenhofer, co-presidente de um grupo de trabalho do IPCC.
A reputação do IPCC tem sofrido ao longo dos últimos dois anos com a revelação de erros em seus relatórios, que tem alimentado as campanhas de céticos do clima, e também com a recomendação de uma investigação independente de que o IPCC deveria tomar mais cuidado de explicar que algumas afirmações científicas são mais especulativas do que outras.
———————————————————————————
Nos documentos do encontro diz que “a idéia de esfriar deliberadamente o planeta através do aumento da refletividade provavelmente foi colocada inicialmente por Budyko em 1974, que propôs que se o aquecimento global um dia se tornasse uma ameaça séria, a sociedade poderia contra-atacar levando aeronaves na estratosfera, queimando enxofre até este se tornar um aérosol, similar aqueles encontrados após erupções vulcânicas. Estas pequenas partículas reflitiriam um pouco da luz solar, aumentando oalbedo (medida relativa da quantidade de luz refletida), e resfriando o planeta, mitigando (mas como é discutido abaixo, não totalmente) os efeitos do aumento da concentração de CO2″.
No documento é discutido sobre as aspectos globais de ações de geoengenharia, e da necessidade de se controlar elas globalmente. E claro, como vocês já podem adivinhar, precisaremos de um órgão global ligado a ONU para que se decida como os chemtrails serão despejados sobre as nossas cabeças.
Se você quiser saber um pouco mais sobre os efeitos danosos da engenharia e sua relação com os chemtrails, eu lhes convido a assistir o filme “Chemtrails: O Que Andam a Pulverizar Pelo Mundo.
Abaixo você pode ler o texto completo do documento sobre o encontro:Joint IPCC expert meeting on geoengineering: keynote abstracts

Postagens mais visitadas deste blog

Biólogos provam que o sarampo não é um vírus, e vence processo da Suprema Corte Alemã.

Em uma decisão recente, os juízes do Supremo Tribunal Federal alemão (BGH) confirmaram que o vírus do sarampo não existe.
Além disso, não há um único estudo científico no mundo que possa provar a existência do vírus em qualquer literatura científica. Isso levanta a questão do que foi realmente injetado em milhões ao longo das últimas décadas.

Nenhum cientista, imunologista, especialista em doenças infecciosas ou médico nunca foi capaz de estabelecer uma base científica, não só para a vacinação do sarampo, mas qualquer vacinação para bebês, mulheres grávidas, idosos e até mesmo muitos subgrupos de adultos.

O fato de muitas vacinas serem ineficazes está se tornando cada vez mais aparente. Merck foi golpeada com dois processos de ação de classe separados alegando que mentiu sobre a eficácia da vacina contra caxumba em sua combinação MMR tiro e fabricados estudos de eficácia para manter a ilusão para as duas últimas décadas que a vacina é altamente protetora.



Estudos como o publicado na r…

Socialismo Fabiano! Lobos em pele de cordeiro.

O socialismo fabiano, ou fabianismo, é um movimento político-social britânico nascido no fim do século XIX, encabeçado pela Sociedade Fabiana. Esta associação foi fundada em Londres no dia 4 de janeiro de 1884, e propunha, como finalidade institucional, a elevação da classe operária para tornar-la apta a assumir o controle dos meios de produção.

Desde seus fundadores, o casal britânico Sidney e Beatrice Webb, o fabianismo nunca passou de um instrumento auxiliar da revolução marxista, incumbido de ganhar respeitabilidade nos círculos burgueses para destruir o capitalismo desde dentro. Os conservadores ingleses diziam isso e eram ridicularizados pela mídia, mas a abertura dos Arquivos de Moscou provou que o mais famoso livro do casal não foi escrito pelo marido nem pela esposa, mas veio pronto do governo soviético.

A articulação dos dois socialismos era chamada por Stalin de “estratégia das tesouras”: consiste em fazer com que a ala aparentemente inofensiva do movimento apareça como ún…

"Israel envolvidos no assassinato do juiz Teori Zavascki em avião para evitar papéis Panamá??

Nas informções abaixo posso não concordar com isto ou aquilo, mas postei na integra o material que encontrei pois, precisamos de toda informação possivel para que ao chegar novas noticias tenhamos uma compreenção melhor do que nos rodeia, atentem para as informações que julguem interessantes descartem o que seja dentro de seu sistema de crenças.  Ricardo Camillo.
Papéis Panamá segunda parte; levando à prisão de mais de 200 políticos e executivos, incluindo o presidente Temer e ex-presidente do Banco Central, Alexandre Tombini. Seria uma outra razão para a demissão procurado do diretor do serviço secreto Mossad ".
21 de janeiro de 2017




O juiz Teori Zavascki morreu no ataque em seu avião na quinta-feira no mar ao sul do Rio de Janeiro.

Seu assassinato foi realizado pela presidência brasileira, que é de propriedade por sionista Michel Temer com a assistência técnica do Mossad para proteger os seus investimentos em ambas as empresas Petrobras e Odebrecht SA, para evitar a prisão de mai…