LED ou OLED?

LED ou OLED? Vi que ainda muitos têm duvidas sobre essas duas tecnologias que apesar de semelhantes tem algumas características próprias e muito distintas.

Não Confunda.

As siglas podem ser parecidas, mas como já disse são duas coisas diferentes.
LED vem do inglês Light Emitting Diodes, ou seja, é um Diodo Emissor de Luz. Comparando com as LCD que necessitam de um Backlightpara mostrar a imagem, as LED são milhares de micro lâmpadas independentes (LED’s) fazem o trabalho.
OLED também vem do inglês Organic Light Emitting Diodes, pode ser chamado tambem deAMOLED Active Matrix Organic Light-Emitting Diodeou seja, são Diodos Organicos Emissores de Luz, a diferença é que esses diodos emitem luz própria.

Como funcionam.

Antes de começar a falar dessa tecnologia em TVs e monitores temos que saber o que é um LED já foi definido logo a cima, mas você sabe onde encontramos LEDs no nosso dia-a-dia?    Seu numlock ligado no teclado, essa luz é um LED, basicamente todas essas luzes que podemos ver em vários equipamentos eletrônicos são LEDs.

Como isso se aplica nas TVs e monitores?

Como eu também já citei acima as LCDs necessitam de uma luz de fundo, essa luz é polarizada e transformada nos pixels da imagem. As TVs LED são milhares de LEDs que emitem independentemente essas luzes que podem ser de diferentes cores. A OLED segue o mesmo principio, mas são compostos orgânicos, e emitem luz própria (não é necessária luz por trás) tornando possível usar a tecnologia em superfícies ainda mais finas e até flexíveis. A TV OLED consegue ter contraste mais de 100 vezes maior, com “preto real” (“desligado”, economizando energia).
Um display de OLED é feito de três a cinco camadas de compostos orgânicos (baseados em carbono), que são colocadas em uma camada de vidro acrílico duro, material que também protege os delicados materiais internos. Os compostos orgânicos do material emitem luz vermelha, verde e azul em resposta a uma corrente elétrica (leia Como funcionam os diodos emissores de luz orgânicos). Tudo isso é 200 vezes mais fino que um fio de cabelo.
As TVs de LCD reproduzem cores através de um processo de subtração: eles bloqueiam comprimentos de onda específicos do espectro de luz branca até ficar apenas a cor certa. E é a intensidade de luz permitida a passar através dessa matriz de cristal líquido que possibilita às telas LCD exibir imagens coloridas chocantes. A aplicação do LED como luz de fundo das tevês LCD melhora consideravelmente a qualidade das imagens, mas apesar do avanço, o ganho em qualidade não se compara com o de uma OLED TV. A tevê OLED se sobressai em níveis de preto e contraste. Comparada com uma LED TV, a OLED TV tem uma taxa de contraste mais de 100 vezes maior.
Nos displays OLED, cada pixel contém elementos vermelhos, verdes e azuis, que trabalham em conjunto para criar uma paleta com milhões de cores. Como cada pixel contém todos os elementos necessários para produzir cada cor do espectro, a informação é reproduzida mais precisamente com a tecnologia OLED do que com a LED TV. Resultado: cores mais ricas e mais realísticas, brilho e contraste excepcionais e maior ângulo de visão.
Veja a Flexibilidade de uma tela OLED:
       

Postagens mais visitadas