Pular para o conteúdo principal

Facebook é uma 'empresa de vigilância', diz hacker que colaborou no WikiLeaks

Num painel cheio de convidados engravatados, bem em linha com a formalidade e a seriedade do tema proposto ("Privacidade e Proteção de Dados On-line: Como Empresas, Governos e Usuários Podem Promover a Privacidade On-line"), um dos participantes chamava atenção por seu visual (bermuda, tênis, tatuagens): era Jacob Appelbaum, um dos líderes do Tor Project (software que permite aos internautas se comunicar de forma anônima na rede), ex-porta-voz do WikiLeaks e especialista em informática da Universidade de Washington.
'Smartphone é acordo com o diabo', diz super-hacker
Rio RightsCon começa com discussões sobre progresso tecnológico e seus desdobramentos

Mas foi quando começou a falar que Appelbaum realmente roubou a cena, transformando-se numa das principais atrações do primeiro dia da Rio RightsCon e fazendo jus à alcunha de "o homem mais perigoso do ciberespaço", que a revista "Rolling Stone" lhe deu em um longo perfil.

Com um discurso fluido e engajado, o americano atacou todas as formas de controle on-line instituídas por governos e empresas, afirmou que nem questões de segurança nacional deveriam servir como argumento para restrições e vigilância na rede e ainda atacou dois dos patrocinadores da conferência, o Facebook e o Skype.
Wikimedia Commons

Jacob Appelbaum é um dos líderes do projeto Tor, rede que permite usar a internet com mais privacidade

"O Facebook é basicamente uma empresa de vigilância. Eu o chamo de 'Stasibook' [em referência à Stasi, a polícia política da extinta Alemanha Oriental], porque você está sempre espionando e delatando seus amigos."

Para Appelbaum, o principal problema é que empresas como o Facebook e o Skype limitam propositalmente a segurança e a privacidade de seus usuários, seja porque lucram com seus dados ou porque cumprem exigências governamentais.

"Sob pretexto de segurança nacional, são criadas backdoors nos sistemas [para que os usuários possam ser rastreados] que podem ser usadas por outras pessoas. Os usuários estão sendo colocados em risco pelo próprio governo. Não deveríamos enfraquecer o sistema por causa da segurança pública."

Por causa desse acesso governamental aos dados dos cidadãos, o americano disse que "cada vez que você liga para seus amigos via Skype, está colocando-os em risco." "Deveríamos rejeitar essas empresas que comprometem nossa segurança e usar outros mecanismos, como os que permitem ligações encriptadas de ponta a ponta, trocas de mensagens seguras."

Acostumado à vigilância do governo americano (desde que foram divulgadas suas ligações com o WikiLeaks) e às críticas que recebe por conta do Tor Project (que, por tornar os usuários quase irrastreáveis, acaba sendo usado também para venda de drogas e outras atividades ilegais), Appelbaum tem respostas prontas para os ataques mais comuns:

"Maus elementos podem usar o Tor assim como usam celulares, estradas. Censurar a internet não é a forma de lidar com isso. A causa da pornografia infantil não é a internet, são as pessoas que cometem esse crime. Restringir a privacidade on-line não vai acabar com os estupradores de crianças".

"Essa é uma decisão que precisamos tomar como sociedade: é melhor todos estarmos seguros [ao usarmos tecnologias de comunicação], incluindo alguns dos vilões, do que ficarmos todos inseguros. Cada vez que alguém diz que devemos abrir exceções em direitos fundamentais por questões de segurança, devemos desafiar essa noção. A internet mudou a maneira como lidamos com segurança nacional. Não são apenas os provedores que podem violar a segurança, mas qualquer um com US$ 1.000."

Postagens mais visitadas deste blog

Biólogos provam que o sarampo não é um vírus, e vence processo da Suprema Corte Alemã.

Em uma decisão recente, os juízes do Supremo Tribunal Federal alemão (BGH) confirmaram que o vírus do sarampo não existe.
Além disso, não há um único estudo científico no mundo que possa provar a existência do vírus em qualquer literatura científica. Isso levanta a questão do que foi realmente injetado em milhões ao longo das últimas décadas.

Nenhum cientista, imunologista, especialista em doenças infecciosas ou médico nunca foi capaz de estabelecer uma base científica, não só para a vacinação do sarampo, mas qualquer vacinação para bebês, mulheres grávidas, idosos e até mesmo muitos subgrupos de adultos.

O fato de muitas vacinas serem ineficazes está se tornando cada vez mais aparente. Merck foi golpeada com dois processos de ação de classe separados alegando que mentiu sobre a eficácia da vacina contra caxumba em sua combinação MMR tiro e fabricados estudos de eficácia para manter a ilusão para as duas últimas décadas que a vacina é altamente protetora.



Estudos como o publicado na r…

Socialismo Fabiano! Lobos em pele de cordeiro.

O socialismo fabiano, ou fabianismo, é um movimento político-social britânico nascido no fim do século XIX, encabeçado pela Sociedade Fabiana. Esta associação foi fundada em Londres no dia 4 de janeiro de 1884, e propunha, como finalidade institucional, a elevação da classe operária para tornar-la apta a assumir o controle dos meios de produção.

Desde seus fundadores, o casal britânico Sidney e Beatrice Webb, o fabianismo nunca passou de um instrumento auxiliar da revolução marxista, incumbido de ganhar respeitabilidade nos círculos burgueses para destruir o capitalismo desde dentro. Os conservadores ingleses diziam isso e eram ridicularizados pela mídia, mas a abertura dos Arquivos de Moscou provou que o mais famoso livro do casal não foi escrito pelo marido nem pela esposa, mas veio pronto do governo soviético.

A articulação dos dois socialismos era chamada por Stalin de “estratégia das tesouras”: consiste em fazer com que a ala aparentemente inofensiva do movimento apareça como ún…

"Israel envolvidos no assassinato do juiz Teori Zavascki em avião para evitar papéis Panamá??

Nas informções abaixo posso não concordar com isto ou aquilo, mas postei na integra o material que encontrei pois, precisamos de toda informação possivel para que ao chegar novas noticias tenhamos uma compreenção melhor do que nos rodeia, atentem para as informações que julguem interessantes descartem o que seja dentro de seu sistema de crenças.  Ricardo Camillo.
Papéis Panamá segunda parte; levando à prisão de mais de 200 políticos e executivos, incluindo o presidente Temer e ex-presidente do Banco Central, Alexandre Tombini. Seria uma outra razão para a demissão procurado do diretor do serviço secreto Mossad ".
21 de janeiro de 2017




O juiz Teori Zavascki morreu no ataque em seu avião na quinta-feira no mar ao sul do Rio de Janeiro.

Seu assassinato foi realizado pela presidência brasileira, que é de propriedade por sionista Michel Temer com a assistência técnica do Mossad para proteger os seus investimentos em ambas as empresas Petrobras e Odebrecht SA, para evitar a prisão de mai…