OVNI’s e a Arte Antiga

A História tem provado ser um grande professor para a espécie Humana e temos comprovado que os nossos antepassados eram extremamente inteligentes, com incríveis conhecimentos sobre temas como a astronomia, geometria, matemática e outras ciências importantes, mas eles também eram artistas incríveis. Desde a construção das grandes pirâmides de Gizé às pinturas no Renascimento e mais adiante, histórias incríveis e que têm sido difíceis de explicar foram reveladas. Neste artigo vamos concentrar-nos em algumas das pinturas mais interessantes desse período da História ao observarmos "O Batismo de Cristo" por Aert De Gelder, "A Madonna com São Giovannino", "A Anunciação", e outras peças de arte muito interessantes de arte que contam histórias incríveis.

A interpretação dada a cada quadro pode variar de pessoa para pessoa, mas todas estas pinturas têm algo em comum: elas parecem contar a mesma história de incríveis "máquinas voadoras" que parecem estar incorporadas na "paisagem". Mas quem poderia ter a capacidade de voar naquele momento da história? Teriam estas máquinas voadoras sido mal interpretadas? Elas serão "nuvens", "anjos" ou haverá algo mais por detrás delas? Estariam estes diferentes autores a enviar uma mensagem na sua arte? Se há uma coisa que estas pinturas não são, é “normais”.

Uma das pinturas muito interessantes que encontramos é o "O Batismo de Cristo" por Aert De Gelder. Olhando para esta pintura a primeira coisa que observamos são esses raios de luz estranhos que vêm de um objeto em forma de disco no céu, para baixo. É uma das pinturas mais interessantes e, de acordo com a teoria dos Antigos Alienígenas, esta pintura é uma forte evidência que ilustra um objecto voador em forma de disco.




O autor da imagem pinta um objecto circular que não pode ser confundido como uma nuvem, e parece ter algum tipo de luz no centro, sendo que os raios de Luz saem deste objeto e não se pode confundi-lo com um trovão ou qualquer outra coisa verdadeiramente. Acreditamos que o autor pintou o que viu num determinado momento de sua vida. Se ele queria pintar uma nuvem ou o Sol, ele teria de os pintar de uma forma muito mais eficaz. Acreditamos que esta pintura ilustra um disco em forma OVNI, tal como os objectos em forma de disco que são relatados nos dias de hoje.

"O Milagre da Neve" por Masolino é uma outra imagem incrível que não podemos deixar de observar atentamente. Esta pintura anteriormente era conhecida como Dedicatio Sanctae Mariæ ad Nives [Dedicação da Igreja da Nossa Senhora das Neves]. Esta pintura é muito interessante porque ilustra um grande número de objectos em forma de disco que voam no céu.



A primeira coisa que você pode pensar para explicar esses objectos é que são nuvens, mas eles serão realmente nuvens? Será que este autor pintava todas as nuvens naquele tempo dando-lhes a forma de um disco? Um dos objectos nesta pintura que atraiu particular interesse é o objeto à direita logo acima do edifício. Quando você olha para ele, ele mostra uma incrível semelhança com algumas das modernas representações nos dias de hoje de objectos voadores não identificados. Esse objecto, na nossa opinião, não se parece de forma alguma como uma nuvem.

Temos observado várias pinturas da era do Renascimento e comparado as técnicas dos artistas quando se trata de ilustrar nuvens, e o trabalho feito por Masolino é tão impressionante que nos leva a perguntar porque é que o artista optou por este formato de "disco"? Podemos mesmo afirmar que nesta pintura temos vários OVNIs ou serão estas nuvens somente... nuvens?.. Em forma de disco?

No mosteiro Visoki Dečani localizado no Kosovo, encontramos outra peça de arte muito interessante. A da "Crucificação de Cristo".




Esta pintura é uma peça muito detalhada da arte, onde vemos vários objetos diferentes que são ilustrados em torno de Cristo mas, depois de olhar para a pintura, existem dois objectos que se parecem destacar do resto dos itens da pintura. Localizados à esquerda e à direita da pintura eles parecem descrever dois seres humanos que estão dentro de algum tipo de nave espacial. De acordo com as modernas explicações dos nossos dias, esses "objectos" são colocados na pintura para retratar o Sol e a Lua, tal como em outras pinturas. Mas porquê colocar "pilotos" ou um ser Humano no seu interior? Estaria o artista verdadeiramente a tentar ilustrar o nosso Sol e a Lua? Ou estaria o artista a tentar retratar algo de outro mundo?

Ao observar o objecto à esquerda da pintura, vemos que o "piloto" dentro deste objecto em particular parece estar a manipular algo à sua frente, e os seus braços são retratados como esticados e a tentar alcançar algo à sua frente. O objecto à direita mostra a figura a virar a cabeça para ver o que está por trás dela. Seriam estes dois objectos representações de OVNIs e das suas tripulações? Ou seria simplesmente a forma dos artistas ilustrarem o Sol e a Lua?

Outro quadro que encontramos extremamente interessante é "A Anunciação", pintado por Carlo Crivelli. Este artista favorecia verdejantes paisagens de fundo, e os seus trabalhos podem ser identificados pelo uso característico de imagens de frutas e flores como motivos decorativos. As suas obras eram claras e definidas nos seus contornos, com um foco surpreendente no detalhe. Na sua pintura "A Anunciação" existem vários objectos que se destacam do resto desta peça extremamente detalhada de arte.



Primeiramente, temos uma nuvem em forma circular e, no interior da nuvem, podemos ver vários "anjos" a olhar para fora da nuvem, mas o que torna isto interessante é o raio de Luz que brilha num "pombo" e sobre a cabeça de Maria. Agora, o que nós achamos intrigante é que nesta pintura Carlo Crivelli pintou várias outras nuvens e, de facto, o céu está cheio de nuvens, mas ele decide pintar esta específica nuvem "em forma de disco" com "anjos" e um feixe de Luz? Por que pinta ele uma nuvem específicamente tão diferente em comparação com as outras nuvens presentes na pintura, e com um feixe de luz?

Pelo que temos visto em pinturas semelhantes, os artistas costumam pintar feixes de Luz que descem directamente do Sol para formar anjos, mas este não é o caso na pintura de Carlo Crivelli, à qual ele deu extrema atenção nos detalhes e fez com que o público pudesse distinguir a diferença quando se olha e analisar esta obra-prima.

Nós também podemos ver uma pessoa que Carlo Crivelli decidiu incorporar no meio da pintura, que está a olhar para o céu para esta nuvem em forma de disco, logo abaixo do portão.

O “Madonna com São Giovannino” pintado no século 15. Outro quadro que pode ser adicionado à lista de pinturas antigas que retratam um objecto voador não identificado. OVNI’s e Arte Antiga presentes nalgumas das mais importantes pinturas de Humanidade. Uma coincidência? Acreditamos que não.



Acima do ombro esquerdo de Maria observamos um objecto em forma de disco que parece ser brilhante - um OVNI?.. É um objeto que o artista retrata em grande detalhe certificando-se que se destaca na pintura. À direita da pintura vemos um homem que está a segurar o braço direito acima dos olhos, pelo que o artista fez questão de enviar a mensagem de que esse objecto era muito brilhante. À esquerda da imagem, no canto superior, podemos ver um objeto que se parece com o Sol.

Isto significa que o artista pintou este objecto em forma de disco, dando-lhe um detalhe brilhante e fe-lo de forma a ilustrá-lo à direita do Sol porque assim que nós sabemos que este objecto brilhante não pode ser confundido com o Sol, e este objeto em forma de disco não se parece com uma nuvem vulgar e, por isso, se não é o Sol nem é uma nuvem o que poderia possivelmente ser?

Estará o “Madonna com São Giovannino” a retratar numa ilustração uma visitação de outro mundo? O artista considerou este objecto extremamente importante, caso contrário ele não o teria colocado nem pintado com tal detalhe como vemos aqui.

Fonte: http://www.ancient-code.com/ufos-and-ancient-art/

Postagens mais visitadas