Projeto Spade desmonta Império da pornografia infantil.

400 crianças resgatadas, 348 Adultos preso depois que a polícia Desmontou 4 milhões de Dollares do Império da pornografia infantil.


Uma investigação internacional sobre abuso sexual infantil, chamada de Project Spade, levou a polícia a mais de 50 países, libertando 386 crianças e levando à detenção de 348 pessoas. Na quinta-feira, a polícia informou que o líder da rede estava em Toronto.
O acusado supostamente pagou a outros para ter crianças filmadas em países da Europa Oriental, para produzir os vídeos e imagens que ele iria vender online no website AzovFilms.com.
A AzovFilms.com alegadamente vendeu filmes – por correio e online – que eram consistentes com pornografia infantil, disse Beaven-Desjardins. Durante os seus anos de operação, a empresa arrecadou $4 milhões. A investigação começou em outubro de 2010, quando a polícia à paisana entrou em contato online com um homem de Toronto, acusado de partilhar imagens gráficas de crianças.
Na sua investigação, a polícia de Toronto trabalhou com dezenas de agências, incluindo a United States Postal Inspection Service.


A 1 de maio de 2011, a polícia executou mandados de busca em Toronto, um dos quais para a Azov Films. A polícia adiantou que o estúdio foi localizado no extremo oeste e que 45 terabytes de vídeo foram apreendidos.
A polícia refere que Brian Way, de 42 anos, é o proprietário-operador da Azov Films e que mais pornografia foi encontrada em sua casa.
Beaven-Desjardins adiantou que a pornografia supostamente encontrada “detalhava atos sexuais horríveis contra crianças muito jovens, alguns dos piores que [os policiais] já tinham visto”.
Way enfrenta 24 acusações, incluindo a de instruir uma organização criminosa. É a primeira vez no Canadá, que esta acusação é formalizada, em relação a uma investigação de exploração infantil.
Das pessoas presas, 50 são do Ontário e outras 58 são de outras partes do Canadá. Segundo a polícia, professores, médicos, voluntários, pastores e padres estavam entre os presos. A polícia sublinha que 76 foram presas nos Estados Unidos e 164 a nível internacional. A investigação está em curso e deverá haver lugar a mais detenções, acrescentou Beaven-Desjardins.

Fonte: http://www.correiodamanhacanada.com/detidas-348-pessoas-de-rede-mundial-de-abuso-sexual-de-criancas/

Postagens mais visitadas