Pular para o conteúdo principal

A Verdadeira Razão pela qual o Trigo é Tóxico (e não é por causa do Glúten)



29 Março, 2017 por Edward Morgan

As histórias tornaram-se demasiado frequentes para serem ignoradas.
Emails de pessoas com problemas alérgicos ou digestivos relativos ao trigo nos Estados Unidos não tiveram nenhum sintoma quando comeram massa nas férias em Itália.
Pais confusos a questionarem-se porque é que o consumo de trigo às vezes desencadeia reações auto-imunes nos seus filhos, mas não noutros momentos.

Muitas mulheres, durante muito tempo, questionaram-se porque é que o meu marido podia comer o trigo que eu preparo em casa, mas ele ficava com efeitos digestivos negativos quando comia o mesmo num restaurante.

Há claramente algo a acontecer com o trigo que não é bem conhecido pelo público em geral. Ele vai muito além do debate orgânicos versus não-orgânicos, glúten ou hibridização, porque mesmo o trigo convencional não desencadeia sintomas em algumas pessoas que comem trigo noutras partes do mundo.

O que realmente está a acontecer com o trigo?
Por algum tempo, eu secretamente abriguei a noção de que o trigo nos Estados Unidos deve, de facto, ser geneticamente modificado. O trigo GM secretamente invadindo a cadeia alimentar norte-americana parecia a única coisa que fazia sentido e podia explicar as variadas experiências que eu estava a ouvir.

Eu raciocinei que não poderia ser a hibridação do glúten ou do trigo. Os híbridos de glúten e trigo foram consumidos há milhares de anos. Só não fazia sentido que esta podesse ser a razão pela qual tantas pessoas de repente tivessem a ter problemas com trigo e glúten em geral, nos últimos 5 a 10 anos.

Finalmente, a resposta veio durante o jantar há um par de meses atrás através de um amigo que era bem versado no processo de produção de trigo. Eu comecei a pesquisar a questão por mim e fiquei, francamente, horrorizado com o que eu descobri.

A boa notícia é que a razão pela qual o trigo se tornou tão tóxico nos Estados Unidos não é porque seja secretamente geneticamente modificado, como eu temia (graças a Deus!).

A má notícia é que o problema reside na forma como o trigo é colhido pelos agricultores de trigo convencionais.

Você vai querer sentar-se para ler isto. Eu tive algumas pessoas estourar em lágrimas de horror quando eu lhes transmiti esta informação anteriormente.

O protocolo de colheita de trigo nos Estados Unidos é o de pulverizar intensamente os campos de trigo com Roundup (herbicida da Monsanto) vários dias antes das ceifeiras passarem através dos campos visto que as plantas de trigo mortas e murchas requerem menos esforço do equipamento agrícola e permitem a colheita mais cedo, de forma mais fácil e maior.

A aplicação pré-colheita do herbicida Roundup ou de outros herbicidas contendo o ingrediente ativo glifosato, ao trigo e à cevada, como dessecante foi sugerido já em 1980. Desde então tornou-se rotina nos últimos 15 anos e é usado como um agente de secagem 7 a 10 dias antes da colheita pela comunidade agrícola convencional.

De acordo com a Dra Stephanie Seneff, do MIT, que estudou a questão em profundidade e que recentemente vi a dar uma palestra sobre o assunto numa Conferência nutricional em Indianápolis, dessecar culturas de trigo não-orgânicas com glifosato pouco antes da colheita entrou em voga no final da década de 1990, pelo que em resultado disso a maioria do trigo não-orgânico nos Estados Unidos está agora contaminada com ele. Seneff explica que quando você expõe o trigo a um produto químico tóxico como o glifosato, ele realmente liberta mais sementes, resultando num rendimento ligeiramente maior: “Ele semeia” à medida que morre. No seu último suspiro, ele liberta a semente”, diz a Dra Seneff.


De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos a partir de 2012 99% do trigo durum, 97% do trigo de primavera e 61% de trigo do inverno era tratado com herbicidas. Este é um aumento de 88% para trigo durum, 91% para trigo de Primavera e 47% para o trigo de Inverno desde 1998.


Aqui está o que o fazendeiro de trigo Keith Lewis tem a dizer sobre a prática:

Tenho sido um agricultor de trigo desde há 50 anos e uma prática na produção do trigo que é muito comum é a aplicação do herbicida Roundup (glifosato) pouco antes da colheita. O Roundup é licenciado para o controlo das ervas daninhas pré-colheita. A Monsanto, fabricante do Roundup, afirma que a aplicação em plantas com mais de 30% de umidade do grão resulta na captação do arrombamento pela planta nos grãos. Os agricultores gostam desta prática porque o Roundup mata a planta de trigo permitindo a colheita mais cedo.

Um campo de trigo muitas vezes amadurece de forma desigual pelo que assim, aplicando o Roundup pré-colheita nivela as partes mais verdes do campo com as mais maduras. O resultado é que nas áreas menos maduras o Roundup é translocado para os grãos e, eventualmente, e eles são colhidos assim.


Esta prática não é licenciada. Os agricultores erroneamente chamam a isto de “dessecação”. Os consumidores que comem produtos feitos de farinha de trigo estão, sem dúvida, consumindo quantidades diminutas de Roundup. De forma interessante, a cevada de malte que é usada para fazer cerveja não é aceite no mercado se for pulverizado na pré-colheita com Roundup. As lentilhas e as ervilhas não são aceites no mercado se forem pulverizadas na pré-colheita… mas para o trigo não há problema… Esta prática de cultivo preocupa-me muito e deve ainda preocupar os consumidores de produtos de trigo.

Figura 1. Diagnósticos de doença celíaca e aplicação de glifosato no trigo.

Embora a indústria de herbicidas sustente que o glifosato é minimamente tóxico para os seres humanos, a pesquisa publicada no Journal Entropy argumenta de forma muito acentuada ao lançar Luz sobre exactamente como o glifosato perturba a fisiologia dos mamíferos.

Da autoria de Anthony Samsel e Stephanie Seneff do MIT, o artigo investiga a inibição pelo glifosato das enzimas do citocromo P450 (CYP), um componente negligenciado com toxicidade letal para os mamíferos.
A opinião atualmente aceite é que o glifosato não é prejudicial aos seres humanos ou a nenhum mamífero. Esta visão imperfeita está tão difundida na comunidade agrícola convencional que os vendedores de Roundup são conhecidos por ingenuamente o beberem durante as apresentações!

No entanto, só porque Roundup não o mata imediatamente isso não o torna atóxico. Na verdade, o ingrediente ativo do Roundup letalmente perturba os extramente importantes micróbios intestinais benéficos que são responsáveis pela síntese de aminoácidos críticos.

As bactérias intestinais benéficas, também chamadas de probióticos, desempenham um papel crítico na saúde humana. As bactérias intestinais ajudam na digestão, impedem a permeabilidade do tracto gastrointestinal (o que desencoraja o desenvolvimento de doenças auto-imunes), sintetizam as vitaminas e fornecem a base para a imunidade robusta. Essencialmente:

O Roundup altera significativamente o funcionamento de bactérias benéficas da via chiquimato do intestino e contribui para a permeabilidade da parede intestinal e consequente expressão dos sintomas das doenças auto-imunes.

A sinergia com a ruptura da biossíntese de aminoácidos importantes através da via chiquimato, o glifosato inibe as enzimas do citocromo P450 (CYP) produzidas pelo microbioma do intestino. As enzimas CYP são críticas para a biologia humana porque desintoxicam a imensidão de compostos químicos exógenos e xenobióticos aos quais estamos expostos no nosso ambiente moderno dos dias de hoje.

Em resultado disso os seres humanos expostos ao glifosato através do uso de Roundup na sua comunidade ou através da ingestão dos seus resíduos em produtos alimentícios industrializados tornam-se ainda mais vulneráveis ​​aos efeitos prejudiciais de outros produtos químicos e toxinas ambientais que encontram!

O pior é que o impacto negativo da exposição ao glifosato é lento e insidioso ao longo dos meses e anos, uma vez que a inflamação gradualmente ganha um ponto de apoio nos sistemas celulares do corpo.

As consequências desta inflamação sistémica são a maioria das doenças e condições associadas com o estilo de vida ocidental:
Problemas gastrointestinais
Obesidade
Diabetes
Doença cardíaca
Depressão
Autismo
Infertilidade
Cancro
Esclerose múltipla
Doença de Alzheimer

E a lista continua e continua…


Resumindo, o estudo do Dr. Seneff do horrível glifosato do Roundup, com o qual a colheita de trigo nos Estados Unidos é pulverizada apenas alguns dias antes da colheita, revela a forma pela qual esta toxina letal prejudica o corpo humano ao dizimar os micróbios intestinais benéficos com o trágico resultado final de doenças, degeneração e sofrimento generalizado.

Consegue entender o panorama agora?
Mesmo se você acha que não tem problemas a digerir trigo, ainda é muito sábio tentar evitar consumir trigo convencional, tanto quanto possível, na sua dieta!

Você deve evitar o trigo tóxico a todo o custo
O ponto á reter aqui é que evitar o trigo convencional nos Estados Unidos é absolutamente imperativo, mesmo se você não tem atualmente uma alergia ao glúten ou sensibilidade ao trigo. O aumento da quantidade de glifosato aplicado ao trigo está estreitamente correlacionado com o aumento da doença celíaca e da intolerância ao glúten. O Dr. Seneff realça que o aumento dessas doenças não está relacionado apenas com questões genéticas, mas também tem uma causa ambiental, pois nem todos os sintomas do paciente são aliviados pela eliminação do glúten da dieta.

Os efeitos do glifosato mortal na sua biologia são tão insidiosos que a falta de sintomas hoje em dia não significa literalmente nada.
Se você não tem problemas com trigo agora, você vai ter no futuro se continuar a comer trigo convencionalmente produzido, trigo tóxico!

Como comer trigo com segurança

Obviamente, se você já desenvolveu uma sensibilidade ou alergia ao trigo, você deve evitá-lo. Ponto final.
Mas, se você não é celíaco ou sensível ao glúten e gostaria de consumir esse alimento ancestral em segurança, você pode fazer o que fazemos em nossa casa. Nós apenas consumimos produtos de fonte orgânica, de preferência de baixo glúten, trigo Einkorn não hibridizado para panificação, panquecas, biscoitos, etc Mas, quando comermos fora ou estivermos a comprar alimentos da loja, os produtos convencionais de trigo devem ser rejeitados sem excepção. Isso, apesar do facto de não termos alergias ao glúten de nenhuma forma em nossa casa – ainda.

Estou firmemente convencido de que, se não fizermos nada, toda a nossa família em algum momento desenvolverá sensibilidade ao trigo ou doença auto-imune de alguma forma devido à forma tóxica em que é processado e os resíduos de glifosato que estão contidos nos produtos convencionais de trigo.

O que é que você vai fazer quanto ao trigo tóxico?
Como você reagiu à notícia de que os agricultores de trigo dos EUA estão a usar o Roundup, não apenas para matar as ervas daninhas, mas para secar as plantas de trigo para permitir uma colheita mais precoce, mais fácil e maior e que tal prática provoca a absorção do glifosato tóxico, Ingrediente activo do Roundup e outros herbicidas, directamente nos grãos de trigo?

Você sentiu-se ultrajada e violada como eu? Como você implementará uma estratégia convencional para evitar o trigo no futuro mesmo se você ainda não tiver desenvolvido um problema de sensibilidade ao glúten ou ao trigo?

E quanto às outras culturas onde o Roundup é usado como dessecante na pré-colheita, como a cevada, cana-de-açúcar, arroz, sementes, feijões secos e ervilhas, batata-doce e beterraba? Você vai comprar esses produtos na sua forma orgânica a partir de agora para evitar este flagelo moderno, feito pelo homem?


Fonte: http://thehealthyhomeeconomist.com/real-reason-for-toxic-wheat-its-not-gluten/

Postagens mais visitadas deste blog

Biólogos provam que o sarampo não é um vírus, e vence processo da Suprema Corte Alemã.

Em uma decisão recente, os juízes do Supremo Tribunal Federal alemão (BGH) confirmaram que o vírus do sarampo não existe.
Além disso, não há um único estudo científico no mundo que possa provar a existência do vírus em qualquer literatura científica. Isso levanta a questão do que foi realmente injetado em milhões ao longo das últimas décadas.

Nenhum cientista, imunologista, especialista em doenças infecciosas ou médico nunca foi capaz de estabelecer uma base científica, não só para a vacinação do sarampo, mas qualquer vacinação para bebês, mulheres grávidas, idosos e até mesmo muitos subgrupos de adultos.

O fato de muitas vacinas serem ineficazes está se tornando cada vez mais aparente. Merck foi golpeada com dois processos de ação de classe separados alegando que mentiu sobre a eficácia da vacina contra caxumba em sua combinação MMR tiro e fabricados estudos de eficácia para manter a ilusão para as duas últimas décadas que a vacina é altamente protetora.



Estudos como o publicado na r…

Socialismo Fabiano! Lobos em pele de cordeiro.

O socialismo fabiano, ou fabianismo, é um movimento político-social britânico nascido no fim do século XIX, encabeçado pela Sociedade Fabiana. Esta associação foi fundada em Londres no dia 4 de janeiro de 1884, e propunha, como finalidade institucional, a elevação da classe operária para tornar-la apta a assumir o controle dos meios de produção.

Desde seus fundadores, o casal britânico Sidney e Beatrice Webb, o fabianismo nunca passou de um instrumento auxiliar da revolução marxista, incumbido de ganhar respeitabilidade nos círculos burgueses para destruir o capitalismo desde dentro. Os conservadores ingleses diziam isso e eram ridicularizados pela mídia, mas a abertura dos Arquivos de Moscou provou que o mais famoso livro do casal não foi escrito pelo marido nem pela esposa, mas veio pronto do governo soviético.

A articulação dos dois socialismos era chamada por Stalin de “estratégia das tesouras”: consiste em fazer com que a ala aparentemente inofensiva do movimento apareça como ún…

"Israel envolvidos no assassinato do juiz Teori Zavascki em avião para evitar papéis Panamá??

Nas informções abaixo posso não concordar com isto ou aquilo, mas postei na integra o material que encontrei pois, precisamos de toda informação possivel para que ao chegar novas noticias tenhamos uma compreenção melhor do que nos rodeia, atentem para as informações que julguem interessantes descartem o que seja dentro de seu sistema de crenças.  Ricardo Camillo.
Papéis Panamá segunda parte; levando à prisão de mais de 200 políticos e executivos, incluindo o presidente Temer e ex-presidente do Banco Central, Alexandre Tombini. Seria uma outra razão para a demissão procurado do diretor do serviço secreto Mossad ".
21 de janeiro de 2017




O juiz Teori Zavascki morreu no ataque em seu avião na quinta-feira no mar ao sul do Rio de Janeiro.

Seu assassinato foi realizado pela presidência brasileira, que é de propriedade por sionista Michel Temer com a assistência técnica do Mossad para proteger os seus investimentos em ambas as empresas Petrobras e Odebrecht SA, para evitar a prisão de mai…