A História Oculta da incrivelmente Malévola Máfia Czariana

Por Edward Morgan



A cortina está agora a ser levantada para expor completamente a máfia Czariana e o seu plano maligno para se infiltrar, tiranizar o mundo inteiro e erradicar todas as religiões abraâmicas e permitirem apenas o seu talmudismo babilónico, também conhecido como luciferianismo, satanismo ou antigo culto de Baal.
Por Preston James e Mike Harris



Nota: A história dos Czarianos, especificamente a Máfia Czariana (MC), que se tornou o maior sindicato do crime organizado do mundo no qual a oligarquia Czariana se tornou pelas metamorfoses do seu sistema de escravidão monetário de origens babilónicas, foi quase completamente exonerada dos livros de história.

A MC atualmente sabe que não pode operar ou existir sem um segredo abjecto e, portanto, gastou muito dinheiro em eliminar o seu rasto dos livros de história para impedirem que os cidadãos do mundo aprendam sobre o seu “mal para além da imaginação” que empodera a maior cabala do crime organizado do mundo. Os autores deste artigo fizeram o seu melhor para ressuscitar essa história secreta e perdida dos Czarianos e do seu grande sindicato internacional de crime organizado, mais conhecido como a máfia Czariana (MC), e tornar essa história disponível para o mundo inteiro através da Internet, que é a nova imprensa de Gutenberg.

Tem sido extremamente difícil reconstruir esta história secreta e escondida da MC e, por favor, perdoem-nos quaisquer pequenas imprecisões ou erros que não são intencionais e são devido às dificuldades em escavar a verdadeira história de Czária e da sua máfia. Fizemos o melhor que pudemos para a reconstruir.

Foi Mike Harris que ligou os pontos e fez a descoberta real da história secreta da máfia Czariana e do seu juramento de sangue para se vingar da Rússia por ajudar os americanos a vencerem a Guerra Revolucionária e a Guerra Civil, e o seu juramento de sangue e vingança contra a América e os americanos por terem ganho essas guerras e manterem a União.

Na Conferência da Síria sobre Combate ao Terrorismo e ao Extremismo Religioso de 1 de Dezembro de 2014, no seu discurso o Editor e Director do Veterans Today, Gordon Duff, divulgou publicamente e pela primeira vez que o Terrorismo Mundial é criado por um grande Sindicato Internacional de Crime Organizado associado a Israel. Esta divulgação enviou ondas de choque desde a Conferência e quase instantaneamente por todo o mundo, já que quase todos os líderes mundiais receberam relatórios da divulgação histórica de Gordon Duff no mesmo dia, alguns em poucos minutos. E as ondas de choque do seu discurso histórico em Damasco continuam a reverberar por todo o mundo até este mesmo dia. E agora Gordon Duff pediu ao presidente Putin para divulgar as informações russas, que vão expor cerca de 300 traidores no Congresso pelos seus sérios crimes em série e espionagem legal em nome da Máfia Czariana (MC) contra a América e muitas nações do Oriente Médio.

Sabemos agora que a Máfia Czariana (MC) está a travar uma guerra secreta contra a América e contra os americanos com o uso do terrorismo do estilo de bandeira falsa do tipo Gladio e através do Sistema de Reserva Federal ilegal e inconstitucional, o IRS [agência privada de cobrança de impostos dos EUA], o FBI, FEMA, o Departamento de Segurança e Interna e a TSA [Agência Federal de Segurança Aeroportuária dos EUA]. Sabemos com certeza que a MC foi responsável pela implantação de um ataque de bandeira falsa do estilo Gladio na América, a 11 de Setembro de 2001, bem como o ao edifício Murrah a 19 de Abril de 1995.
A História Oculta Da Máfia Czariana Incrivelmente Malévola

100-800 DC – uma sociedade incrivelmente malévola emerge na Czária:
Os Czarianos tornam-se numa nação governada por um rei maligno que tinha, a servirem na sua corte, antigas artes negras babilónicas, oligarcas ocultos. Durante esse tempo, os Czarianos tornaram-se conhecidos pelos países vizinhos como ladrões, assassinos, bandidos da estrada, e assumiam as identidades dos viajantes que assassinavam, sendo essa uma prática ocupacional e um modo de vida normal para eles.

800 DC – O Ultimatum é entregue pela Rússia e outras nações vizinhas:

Os líderes das nações vizinhas, especialmente a Rússia, receberam durante tantos anos queixas dos seus cidadãos que, colectivamente, entregam um ultimato ao rei Czariano. Eles enviaram um comunicado ao rei Czariano que ele deveria escolher uma das três religiões abraâmicas para o seu povo e torná-la na sua religião oficial do Estado e exigir que todos os cidadãos Czarianos a praticassem, e educassem todas as crianças Czarianas para praticar essa fé.

Ao rei Czariano foi dado a escolher entre o Islão, o cristianismo e o judaísmo. O rei Czariano escolheu o judaísmo, e prometeu permanecer dentro das exigências estabelecidas pela confederação circunvizinha das nações conduzidas pelo czar Russo. Apesar do seu acordo e promessa, o rei Czariano e o seu círculo interno dos oligarcas continuaram a praticar a antiga magia negra babilónica, também conhecida como Satanismo Secreto. Esse satanismo secreto envolvia cerimónias ocultas que se caracterizam o sacrifício de crianças e, depois de “sangrarem”, bebiam o seu sangue e comiam os seus corações.
O profundo e sombrio segredo das cerimónias ocultas era que todas elas eram baseadas na antiga veneração de Baal, também conhecida como adoração da Coruja. Para enganar a confederação das nações lideradas pela Rússia que observavam a Czária, o rei Czariano uniu essas práticas da magia negra luciferiana com o judaísmo e criou uma religião secreta satânica, conhecida como Talmudismo Babilônico. Esta foi tornada a religião nacional da Czária, e nutria o mesmo mal que era conhecido antes na Czária.
Infelizmente, os Czarianos continuaram pelos seus maus caminhos, roubando e assassinando aqueles de países vizinhos que viajavam através de Czária. Os ladrões Czarianos tentavam frequentemente assumir as suas identidades após assassinaram esses visitantes, e tornaram-se mestres do disfarce e das identidades falsas – uma prática que perpetuaram até este mesmo dia, juntamente com as suas cerimónias ocultas de sacrifícios de crianças, que são na realidade o antigo culto Baal.

1.200 dC – Rússia e as nações circunvizinhas esgotam a paciência e tomaram a iniciativa:
Por volta de 1.200 dC, os russos lideraram um grupo de nações que cercavam a Czária e invadiram-na, a fim de pararem os crimes Czarianos contra o seu povo, que incluíam o sequestro dos seus filhos e bebés para as suas cerimônias de sacrifícios de sangue para Baal. O rei Czariano e a sua corte interna de criminosos e assassinos ficariam conhecidos como a Máfia Czariana (MC) pelos países vizinhos.
Os líderes Czarianos tinham uma rede de espionagem bem desenvolvida através da qual obtiveram aviso prévio e escaparam de Czária para as nações europeias a oeste, levando a sua enorme fortuna em ouro e prata com eles. Eles retiraram-se e reagruparam-se, assumindo novas identidades. Secretamente eles continuaram os seus rituais satânicos de sangue e sacrifício de crianças e confiaram em Baal para lhes dar o mundo inteiro e todas as suas riquezas, que eles alegaram que ele havia prometido a eles, enquanto eles continuassem a sacrificar e a fazer sangrar crianças e bebés por ele.
O rei Czariana e a sua corte mafiosa planearam vingança eterna contra os russos e as nações vizinhas que invadiram a Czária e os expulsaram do poder.

A Máfia Czariana invade a Inglaterra centenas de anos após a sua expulsão:
Para concretizarem a sua invasão eles contrataram Oliver Cromwell para assassinar o rei Charles I, e tornarem a Inglaterra segura para operações bancárias novamente. Isto deu início às guerras civis inglesas que prosseguiram ao longo de quase uma década, tendo como resultado o regicídio da família real e de centenas de outros da nobreza inglesa genuína. Foi assim que a cidade de Londres foi criada como a capital bancária da Europa e lançou o início do Império Britânico.


Do Web site de David Icke http://www.davidicke.com. David Icke foi o primeiro a expor corajosamente os Rothschilds publicamente à frente de centenas. Isso, naturalmente, torna-o num herói internacional e precisamos de mais com o seu tipo de coragem para destapar o encobrimento que esconde a máfia Czariana e acabar com o seu poder ilegítimo por todo o mundo.

A máafia Czariana (MC) decide infiltrar-se e sequestrar todos os Bancos do Mundo usando o sistema de criação mágica de dinheiro, também conhecido como dinheiro mágico babilónico ou a arte secreta de ganhar dinheiro com nada usando o poder da usura perniciosa para acumularem juros:

A MC usou sua enorme fortuna para entrar num novo sistema bancário, baseado na arte secreta da magia negra babilônica que eles alegavam ter aprendido com os maus espíritos de Baal, em troca dos seus muitos sacrifícios de crianças.

Esse dinheiro mágico babilônico envolveu a emissão de certificados de crédito em papel para depósitos de ouro e prata, o que permitia aos viajantes que viajassem com o seu dinheiro de uma forma que oferecia fácil substituição caso perdessem os certificados ou fossem roubados.

É interessante como o próprio problema que foi criado pelos Czarianos também teve uma solução fornecida por eles. Eventualmente, o rei Czariano e a sua pequena corte circundante infiltraram-se na Alemanha com um grupo que escolheu o nome de “Bauers” da Alemanha para os representar e continuarem o seu sistema malévolo de Baal. Os Bauers do Escudo Vermelho, que representava os seus sacrifícios secretos de crianças baseados no sangue, mudaram seu nome para Rothschild (aka “filho da rocha, Satanás”).

Os Rothschilds como a linha da frente da Máfia Czariana (MC) infiltraram-se e sequestraram o sistema bancário britânico e, posteriormente, sequestraram toda a nação de Inglaterra:
Bauer / Rothschild teve cinco filhos que se infiltraram e assumiram o sistema bancário europeu e o sistema bancário central da cidade de Londres através de várias operações encobertas e astutas, incluindo um falso relato de que Napoleão tinha vencido contra os britânicos, quando na verdade ele tinha perdido. Isso permitiu que os Rothschilds usassem fraudes e enganos para roubarem a riqueza da nobreza inglesa e da pequena burguesia, que tinha feito investimentos comerciais com as instituições bancárias da City de Londres.


Os Rothschilds criaram um sistema bancário privado de moeda escritural [também conhecida como FIAT] que se especializava em fazer dinheiro falsificado a partir do nada – cobrando usuras perniciosas para o povo britânico, usando o que deveria ter sido o seu próprio dinheiro em primeiro lugar.
Essa era a arte negra da magia babilônica. Eles alegaram aos informadores que tal tecnologia e poder secreto do dinheiro fora fornecida por Baal, por causa dos seus rituais de veneração com sacrifícios de sangue com crianças.

Uma vez que se infiltraram e sequestraram o sistema bancário britânico, eles hibridizaram-se com a aristocracia britânica e infiltraram-se e completamente, sequestrando toda a Inglaterra e todas as suas principais instituições. Alguns especialistas acreditam que os Rothschilds purgaram os membros da Família Real organizando relações ilícitas e adúlteras secretamente geridas pelos seus próprios homens czarianos, a fim de os substituírem pelos seus próprios pretendentes ao trono.

A Mafia Czarianaa (MC) faz um esforço internacional para erradicar Reis que governam pelo Divino Direito de Deus Todo-Poderoso:

Porque a MC afirma ter uma parceria pessoal com Baal (aka o Diabo, Lúcifer, Satanás) por causa dos seus sacrifícios para ele. Detestam os reis que governam sob a autoridade de Deus Todo-Poderoso, porque a maioria sente a responsabilidade de assegurar que o seu próprio povo esteja protegido contra os infiltrados e traidores “Inimigos dentro de Portas”.

Nos anos de 1600, a MC assassinou a realeza britânica e substituiu-os pelos seus próprios impostores. No século XVII eles assassinam a realeza francesa. Mesmo antes da Primeira Guerra Mundial eles assassinam o Arquiduque austríaco Ferdinand para começar a primeira guerra mundial. Em 1917, eles reuniram o exército da MC, os bolcheviques e infiltraram-se e sequestraram a Rússia, mataram o czar e a sua família a sangue frio, mataram a sua filha favorita no peito com uma baioneta e roubaram todos os tesouros de ouro, prata e arte russos. Mesmo antes da Segunda Guerra Mundial eles assassinam os reis austríaco e alemão. Posteriormente eles descartaram-se da aristocracia chinesa e removerem o governante japonês.

O ódio intenso da máfia Czariana por qualquer um que professasse fé em qualquer Deus, exceto o deus Baal, motivou-os a assassinar os reis e a realeza e garantirem que eles nunca mais possam governar. Eles fizeram o mesmo com os presidentes americanos – executando operações secretas sofisticadas para os remover do poder.
Se isso não funcionasse, a MC assassinava-os como fizeram com McKinley, Lincoln e JFK. A MC quer eliminar quaisquer governantes fortes ou funcionários eleitos que ousam resistir ao seu poder da moeda mágica babilónica ou ao seu poder oculto obtido com a implementação furtiva da sua rede humana com eles comprometida.

Os Rothschilds criaram o tráfico internacional de narcóticos em nome da MC:

Os Rothschilds, que secretamente comandavam o Império Britânico, criaram um plano diabólico para recuperarem as grandes quantidades de ouro e prata que os britânicos estavam a pagar à China pela sua seda e especiarias da mais elevada qualidade que não estavam disponíveis em nenhum outro lugar.
Os Rothschilds, através da sua rede internacional de espionagem, ouviram falar do ópio turco e das suas características viciantes. Eles implementaram uma operação secreta para comprar o ópio turco e vendê-lo na China, infectando milhões com o mau hábito de ópio que trouxe ouro e prata para os cofres Rothschild, mas não para o povo britânico.

Os vícios do ópio criados pelas vendas de ópio do Rothschild para a China prejudicaram tanto a China que a China entrou em guerra em duas ocasiões para impedir isso. Essas guerras ficaram conhecidas como as Rebeliões Boxer ou as Guerras do Ópio.

O dinheiro que os Rothschilds ganhavam com a venda do ópio era tão vasto que eles se tornaram ainda mais viciados no dinheiro fácil do que os viciados em opiáceos ficavam com o ópio.

Os Rothschild foram a fonte de financiamento por detrás do estabelecimento das colónias americanas, incorporando a companhia da Baía de Hudson e outras companhias que negociavam para explorar o mundo novo das Américas. Foram os Rothschild que ordenaram o extermínio em massa e genocídio dos povos indígenas da América do Norte para permitir a exploração dos vastos recursos naturais do continente.

Os Rothschild também seguiram o mesmo modelo de negócios nas Caraíbas e no subcontinente asiático da Índia, resultando no assassinato de milhões de pessoas inocentes.

Os Rothschilds iniciam o comércio internacional de escravos, um empreendimento que sequestrava esses seres humanos como meros animais – uma visão que os Czarianos impunham a todas as pessoas do mundo que não faziam parte do seu círculo maligno, a que alguns chamavam de “Antiga Nobreza Negra”:
O próximo grande projecto do Rothschild foi o de iniciar o tráfico de escravos por todo o mundo, comprando escravos de chefes tribais tortuosos em África que trabalharam com eles para sequestrar membros de tribos concorrentes para a venda como escravos.

Os traficantes de escravos Rothschild então levavam esses escravos sequestrados nos seus navios em celas apertadas para a América e Caraíbas, onde foram vendidos. Muitos morreram no mar devido às más condições.
Os banqueiros Rothschild aprenderam cedo que a guerra era uma grande forma de multiplicar o seu dinheiro num curto tempo emprestando dinheiro a ambos as facções da guerra. Mas a fim de terem garantidos os rendimentos eles tinham que ter as leis fiscais aprovadas, o que poderia ser usado para forçar o pagamento.
A MC Rothschild do sistema bancário privado escritural trama eterna vingança contra os colonos americanos e conta a Rússia que os ajudaram a perder a Guerra Revolucionária:
Quando os Rothschilds perderam a Revolução Americana, culparam o czar russo e os russos por ajudarem os colonos a bloquearem os navios britânicos.
Eles juravam vingança eterna sobre os colonos americanos assim como o fizeram quando os russos e os seus aliados esmagaram a Czária em 1.000 dC.
Os Rothschild e a sua oligarquia inglesa que os cercava planeavam formas de reconquistarem a América, e isso tornou-se a sua principal obsessão.

O seu plano favorito foi o de montar um banco central americano, caracterizado pelo mesmo sistema babilónico secreto de dinheiro contrafeito.

A MC Rothschild tenta retomar a América em 1812 em nome da máfia Czariana mas falha, mais uma vez por causa da interferência russa:
Este fracasso enfureceu a MC Rothschild, e eles mais uma vez planearam eterna vingança contra os russos e contra os colonos americanos e planeiam infiltrar-se e sequestrar ambas as nações e activos pilhar, tiranizar e posteriormente massacrar essas nações e a sua população.

As tentativas da MC de criar um banco central americano privado são bloqueadas pelo presidente Andrew Jackson, que os apelidou de satânicos e prometeu expulsa-los pela graça e poder de Deus Todo-Poderoso.
Os banqueiros Rothschild reagruparam-se e continuaram as suas tentativas secretas para instalar o seu próprio banco de dinheiro mágico Babilônico dentro da América.

Finalmente, em 1913, a MC Rothschild consegue estabelecer uma testa-de-ponte importante dentro da América – e um inimigo maligno de todos os americanos entra pelas portas da América:

Em 1913, a MC Rothschild foi capaz de infiltrar-se subornando membros traiçoeiros e traidores do Congresso para aprovarem o Acto de Reserva Federal inconstitucional e ilegal na véspera de Natal, sem o quórum necessário. A Lei foi então assinada por um presidente corrupto e comprado, que foi um traidor para a América, tal como os membros do Congresso que votaram a favor.

A MC Rothschild cria então um sistema de tributação ilegal na América:
A MC colocou um sistema de tributação de impostos ilegal e inconstitucional a funcionar a fim se certificarem que os americanos teriam que pagar as despesas de alto nível do governo americano, aprovadas por um congresso comprado, corrupto e fantoches presidenciais, posto no lugar pela campanha corrupta das finanças da MC.

É fácil para a MC reunir o dinheiro suficiente para eleger quem quiser, porque quando você controla um banco que é um grande e secreto falsificador, você tem todo o dinheiro que necessita para todos os fins. Na mesma época em que criaram seu sistema de tributação ilegal na América, também subornaram membros do Congresso para aprovarem o Internal Revenue Service, que é sua agência de cobrança de impostos privada, sediada em Porto Rico.

Logo depois, eles criaram o Federal Bureau of Investigation para protegerem os seus banqueiros gangsters, para servir as suas necessidades de encobrimento e evitar que eles eventualmente fossem processados pelos seus rituais de sacrifício de crianças e de redes de pedofilia e também servir como uma operação secreta de informações de inteligência em seu nome.

Note-se que o FBI não tem carta oficial, de acordo com a Biblioteca do Congresso, e não tem o direito de existir ou emitir cheques de pagamento.
A MC Rothschild implementou a Revolução Bolchevique na Rússia para extrair uma vingança incrivelmente selvagem e sangrenta contra os russos inocentes, que eles planearam ao longo de muitos anos, desde que a Czária foi destruída:
A MC Rothschild pré-encenou e projectou a Revolução Russa, usando os seus bancos centrais para pagar a infiltração bolchevique na Rússia e a sua Revolução em nome da máfia Czariana (MC).



Os bolcheviques foram realmente criados e implementados pela máfia Czariana (MC) como parte essencial da sua vingança planeada de contra o czar russo e contra o povo russo inocente por romperem com a Czária em cerca de 1.000 dC pelos seus roubos, assassinato e usurpação de identidade de viajantes recorrentes nos países vizinhos da Czária. Este facto pouco conhecido explica a violência extrema direcionada em relação à Rússia como a vingança à muito procurada pela máfia Czariana (MC) controlada pelos Rothschilds.
Os bolcheviques foram realmente criados e implementados pela máfia Czariana (MC) como parte essencial da sua vingança planeada de contra o czar russo e contra o povo russo inocente por romperem com a Czária em cerca de 1.000 dC pelos seus roubos, assassinato e usurpação de identidade de viajantes recorrentes nos países vizinhos da Czária. Este facto pouco conhecido explica a violência extrema direcionada em relação à Rússia como a vingança à muito procurada pela máfia Czariana (MC) controlada pelos Rothschild (MC).

Numa sangrenta, selvagem, desumana e bem planejada ação que espantou o mundo, os bolcheviques foram lançados em plena fúria em nome da MC para se vingarem dos russos. Isso tinha sido planeado desde a destruição da Czária.

Os bolcheviques, sob a direção da MC Rothschild estupraram, torturaram e massacraram cerca de 100 milhões de russos, incluindo mulheres, crianças e bebés. Algumas das torturas e sangrias foram tão extremas que não as vamos mencionar aqui neste artigo.
Mas os leitores que quiserem saber podem fazer algumas pesquisas na internet em profundidade sobre o “Terror Vermelho” ou o “Cheka bolchevique” ou assistir ao clássico filme “The Checkist”, que está disponível em:


A Máfia Czariana Rothschild (MC) decidiu mais uma vez camuflar-se entre as ovelhas e infiltrar-se e sequestrar todo o Judaísmo:
A MC Rothschild criou um plano mestre para controlar todo o Judaísmo e controlar mentalmente todos os judeus. A MC Rothschild sequestrou o judaísmo, moldou-o a partir do Talmudismo Babilónico (Luciferianismo ou Satanismo) e ganhou o controlo sobre as profissões da operação bancária e de Wall Street em geral, o Congresso, os meios de comunicação de massas principais, juntamente com a maioria das riquezas e de ferramentas econômicas de sucesso.

Dessa forma, a MC Rothschild poderia transmitir a riqueza e o sucesso para os judeus que bebiam do seu engodo e usá-los como marionetas, activos e agentes deles. Dessa forma, os Rothschilds sequestraram o judaísmo.
O seu financiamento do Knesset israelense e da construção dele usando a arquitetura ocultista maçónica mostraram o seu compromisso com o Talmudismo oculto e babilónico e todo o mal que o acompanha, incluindo o sacrifício de crianças ao seu deus secreto Baal. Eles criaram um sistema de Nova Ordem Mundial chamado de Sionismo Mundial que ensinava e inculcava os judeus susceptíveis com um delírio paranoico de grupo de superioridade racial, que supunha que todos os outros povos tinham a intenção de matar em massa todos os judeus.



A arquitetura da maçonaria foi usada na construção do Knesset e da corte suprema israelita. Vista através das janelas.Eles apelidaram essa ilusão judaica de conquista do mundo de “sionismo mundial”, que é realmente uma forma de Talmudismo babilônico encoberto ou Luciferianismo que era desconhecida pelos judeus comuns. O sistema foi projetado para usar os judaicos como fachada, mas também para ungi-los com o poder monetário babilônico, a fim de usá-los como marionetas, e mais tarde serem sacrificados a Lúcifer em duas etapas.
A primeira etapa seria uma planeada Segunda Guerra Mundial em campos de trabalho nazis, sem acesso a mantimentos, resultando na morte de cerca de 200.000 judaicos de fome e de doença, juntamente com cerca de 90.000 não judeus pelas mesmas causas, de acordo com os números oficiais da respeitada Cruz Vermelha. Este número é 5% do que a máfia Czariana (aka os sionistas do mundo) reivindicam.
O segundo grande sacrifício seria o último, quando seu Rei Luciferiano da Nova Ordem Mundial seria colocado no poder, e quando todas as três religiões Abraâmicas fossem erradicadas – em particular o Judaísmo, que seria culpado por todas as guerras e destruição do mundo.

Por essa altura, os Rothschilds mais uma vez já se teriam metamorfoseado numa nova identidade totalmente desassociada do Judaísmo sob qualquer forma, até mesmo do Sionismo Mundial.

É importante perceber que a MC Rothschild reduziu a Alemanha a nada depois da Primeira Guerra Mundial, criou um vácuo para o fascismo, e depois reconstruiu-a criando o nazismo e instalando Hitler como um contrapoder para o seu bolchevismo russo.

Hitler tornou-se um problema para a MC quando quando se desassociou deles e começou a agir em prol dos interesses do povo alemão e dos povos livres do mundo, e desenvolveu seu próprio sistema bancário liberto dos Rothschilds.
Hitler introduziu um sistema financeiro que era livre de usura e benéfico para a classe trabalhadora. Isto determinou a destruição total da Alemanha e do povo alemão, porque os Rothschild e os Czariano nunca poderiam permitir que um sistema económico que não dependesse da usura existisse.
Vemos a mesma coisa hoje com a guerra Czariana contra o Islão, porque o Islã proíbe a usura. É por isso que Israel é tão vocal e agressivo sobre a destruição do povo islâmico do mundo.
A MC contava que essa fosse uma grande Segunda Guerra Mundial e quando eles apoiassem ambos os lados, isso poderia ser usado para industrializar o mundo inteiro e maximizar o seu poder monetário.


A MC Rothschild então subornou e induziu os Membros do Congresso a enviar soldados americanos para a sua pré-planeada e projectada Primeira Guerra Mundial:
Como uma continuação do seu padrão bem provado de financiamento de ambos os lados em qualquer guerra para maximizar os lucros, a aquisição de mais dinheiro fiscal federal e aumento do poder internacional, os czarianos Rothschild mais uma vez subornaram, chantagearam e induziram membros do Congresso a declararem guerra contra a Alemanha Em 1917.

Isto foi facilitado por um ataque do gênero bandeira falsa da MC com o naufrágio do Lusitânia.
A MC Rothschild desenvolveu desde então o padrão usual de encenar encobertamente os ataques de bandeira falsa como um procedimento operacional padrão para induzir os americanos a lutarem guerras pela Máfia Czariana.
Depois da Segunda Guerra Mundial ter terminado, a MC Rothschild implemento a Guerra Fria, e usou isso como uma desculpa para trazer cientistas nazistas e especialistas em controlo da mente para a América sob a Operação Paperclip.
Isso permitiu que eles criassem um sistema mundial de espionagem que superava em muito qualquer um dos seus esforços anteriores.
Sob este novo sistema, eles continuam a infiltrar-se e a sequestrar todas as instituições americanas, incluindo os vários sistemas de igrejas americanas, a Maçonaria (em particular o Rito Escocês e o Rito de Iorque), os EUA, a agências de Inteligência e a maioria dos empreiteiros de defesa privados e agências governamentais, incluindo a maioria dos governos estatais, e ambos os principais partidos políticos também.


A MC Rothschild instala campos de concentração nazis como um pretexto para manipularem mais tarde os aliados em conceder-lhes a sua própria colónia privada na Palestina, usando a terra roubada aos palestinos:
A MC Rothschild MC capaz de usar o seu intencionalmente mal apelidado “holocausto” para servir como um gatilho de controlo mental para frustrar a resistência a qualquer crítica das suas intenções sionistas.

A verdade da questão era que a MC Rothschild configura os campos de trabalho nazis para fazer enormes lucros para as suas corporações que geriam os seus campos de trabalho e providenciavam a máquina de guerra nazi.
Uma vez que a MC Rothschild ganhasse a sua pátria particular em Israel em 1947 com as suas manipulações políticas secretas, começaram a ver secretamente toda a Palestina como a sua Nova Czária, e começaram a conspirar para genocídio todos os palestinos e conquistar toda a Palestina para si mesmos. Os seus planos incluem sua fantasia de construir um “Israel maior” conquistando todo o Médio Oriente e manipulando os ingénuos e mudos americanos para lutarem e morrerem em seu nome, conquistando todas as terras árabes para Israel e para a Máfia Czariana (MC), para que eles pudessem pilhar as suas riquezas e recursos naturais, em particular o seu petróleo bruto.

A recente pesquisa genética no instituto Johns Hopkins feita por um respeitado médico judeu mostra que 97,5% dos judeus que vivem em Israel não têm absolutamente nenhum ADN hebraico antigo e não são, portanto, semitas e não têm laços de sangue antigos com a terra da Palestina. Em contraste, 80% dos palestinos têm ADN hebraico antigo e, portanto, são verdadeiros semitas, e têm antigos laços de sangue com a Terra Palestina. Isso significa que os verdadeiros antissemitas são os israelitas que estão a roubar as terras palestinas para construírem colonatos israelitas, e são os israelitas que tiranizam e massacram inocentes palestinos.



A MC Rothschild decide metamorfosear-se novamente e expandir as suas fileiras:

Enquanto isso, a MC Rothschild percebeu que não poderia permanecer escondida do público por muito mais a menos que se transformassem novamente e expandisse a sua liderança secreta.
Assim, eles trabalharam duro para se infiltrarem e sequestrarem a Maçonaria e os seus ramos secretos, e induziram os membros de topo na sua rede de pedofilia e de rituais de sacrifício de crianças.
Para além disso, membros-chave do Congresso foram iniciados na sua rede satânica secreta, dando-lhes poderes especiais, altos cargos no governo, forças militares e agências de inteligência, acompanhados por grandes recompensas monetárias e um estatuto elevado. Frentes de espionagem massivas da MC usando cidadãos israelo-americanos “israelenses-primeiro” como agentes foram criados dentro da América para canalizar o dinheiro falsificado dos banqueiros Czarianos para os políticos e para as suas campanhas eleitorais, para possuí-los e controlá-los quando eleitos.



A MC Rothschild decide investir no controlo das mentes das massas americanas para as tornar muito mais fáceis de manipular e aprovar as suas ilegais, inconstitucionais, não provocadas, não declaradas e impossíveis de ganhar guerras perpétuas necessárias para fazerem grandes lucros e ganharem mais poder mundial:


A MC Rothschild decidiu ganhar o controlo total sobre toda a educação pública, criando o Departamento de Educação e criando currículos globalistas e socialistas baseados no politicamente correcto e diverso e tendo por base ensinamentos de “normalidade perversa”. O fluor é adicionado ao abastecimento público de água e às pastas de dentes, e os dentistas são induzidos por controlo mental a acreditarem que fluoreto impede as cáries e que não é prejudicial para a função cerebral ou para função da tiroide, embora o seja.

A adição de flúor ao abastecimento público de água e pastas de dentes é para estupidificar americanos, diminuir o quociente de inteligência médio operacional e tornar as pessoas muito mais dóceis do que seriam normalmente. Iniciaram-se programas para desenvolver e distribuir vacinas para estupidificar crianças e criar um grande número de futuros problemas de saúde crónicos.

Os médicos têm sido induzidos por controlo mental e enganados por pesquisas tendenciosas que foram escolhidas a dedo, ignorando todos os estudos que eram negativos – o que incluia a maioria deles. Todas as linhas celulares de vacinas estão contaminadas com o SV-40, um conhecido vírus cancerígeno de acção lenta.

A MC usou o seu poder monetário para ganhar o controlo sobre todas as escolas médicas alopáticas e montou e controlou a Associação Médica Americana e outras sociedades médicas, a fim de assegurarem que a sua agenda alicerçada em mentiras e engodos continuasse.

Parte desse plano massivo de controlarem as massas americanas era a MC comprar e consolidar todos os meios de comunicação americanos em seis grandes grupos de meios de comunicação [sob a sigla CMMM que significa Controled Major Mass Media] controlados pelos seus agentes em seu nome. O CMMM funciona como um cartel de notícias ilegais, e deve ser desmantelado ao abrigo das leis anti-cartelização e por infligir espionagem e propaganda ilegal como uma arma de guerra contra o povo americano.
Os líderes da MC Rothschild decidem que é hora de usar a América para concluírem finalmente a sua investida e ocupação do mundo inteiro, instituindo um grande ataque de bandeira falsa dentro da América para culpar os islâmicos que eles querem que a América ataque erradamente em seu nome:



Assim, os chefes da MC usam os seus principais cidadãos israel-americanos “israelenses-primeiro” que vivem na América (aka, os membros do PNAC e as principais figuras neo-conservadoras) para planearem um grande ataque nuclear contra a América a 11 de Setembro de 2001.

Bibi Netanyahu, o chefe operacional da MC, desdobrou a Mossad e esses cidadãos de dupla nacionalidade para configurarem e implementarem esse ataque à América que foi atribuído, pelo grupo de 6 consórcios que controlam os meios de comunicação de massas, aos muçulmanos.

Eles informaram os seus principais Rabinos e “Amigos do Sionismo Mundial” para não voarem naquele dia e ficarem fora de Nova Iorque, assim como “Larry Silverfish”, um dos principais homens envolvidos na operação.
Eles usaram o seu principal agente no Departamento de Defesa para atrair os investigadores do Able Danger para a sala de reuniões da Agência de Inteligência Naval no Pentágono, onde seriam assassinados por um míssil de cruzeiro Tomahawk que foi disparado de um submarino do Tipo Dólar israelita comprado da Alemanha.

Trinta e cinco dos investigadores da Able Danger que estavam a investigar e a monitorizar o roubo israelense de 350 poços nucleares W-54 Davy Crockett desmantelados ilegalmente em Pantex, no Texas, foram assassinados por este ataque com o Tomahawk, que foi sincronizado com a detonação de bombas pré-instaladas na ala de Inteligência Naval que tinha tido recentemente obras de reforço na estrutura.
A empresa israelita de fachada da Mossad, a Urban Moving Systems, foi usada para transportar as minibombas nucleares feitas a partir dos poços nucleares W-54 roubados da Pantex (e originalmente fabricados na fábrica de Hanford), onde foram armazenados na Embaixada de Israel em Nova Iorque e transportados para as torres gémeas para serem detonadas a 11 de Setembro de 2011 .

A MC Rothschild plantou 25 minibombas nucleares nas principais cidades americanas e outras grandes cidades da Europa, a fim de os chantagear. Isto é referido como a sua Opção Samson, e foi descoberta pela primeira vez e divulgada por Seymour Hersh:

Resultado de imagem


A MC Rothschild também ganhou algumas ogivas S-19 e S-20 Ogivas de um Membro corrupto do Congresso a quem tinha sido atribuída a tarefa de comprar as ogivas ucranianas Mirvs em nome do governo americano a fim de serem desmanteladas. Em vez disso, ele vendeu-as aos israelitas e dividiu o dinheiro com outros congressistas-chave envolvidos.

Trata-se de alta traição e de uma ofensa capital punível com morte. Logo após o seu ataque à América, a MC Rothschild disse ao governo dos Estados Unidos que iria detonar bombas nucleares de rendimento suficiente para destruírem cidades, em algumas cidades americanas, incluindo Washington DC, se o governo se recusasse a permitir que Israel criasse a sua própria grande força policial dentro da América, baseada na consolidação de todas as agências da Lei norte-americanos e de inteligência sob o controle central israelita.

Esta nova força de ocupação israelita chamada de Departamento de Segurança Interna (DHS) foi inicialmente administrada por cidadãos de dupla nacionalidade e pervertidos. A ex-directora do DHS, Janet Napolitano, está a ser processada por assédio sexual de homens que trabalham no DHS, a quem ordenou que mudassem os seus escritórios para a casa de banho dos homens.

O duplo cidadão traidor Michael Chertoff, foi o criminoso criador do DHS, juntamente com o ex-chefe dos antigos serviços secretos da antiga Alemanha oriental, a Stasi, Marcus Wolfe, que foi contratado como consultor especial e morreu misteriosamente assim que sua missão foi completada.

A MC Rothschild nunca pensou que seria exposta pelo seu ataque nuclear à América em 11 de Setembro de 2001, mas eles fizeram um dos maiores erros táticos da história e subestimaram a as evidências deixadas pelo excesso de destroços, por causa do seu passado de sucessos fáceis e extremo poder monetário.
Em breve, todos os americanos saberão que Bibi Netanyahu e o seu partido Likud desenvolveram o ataque à América de 11 de Setembro de 2001 em nome da MC Rothschild:

Eles achavam que tinham controlo total sobre os 6 grupos de comunicação social de massas e que isso bastaria para impedir qualquer investigação secreta da Agência Internacional de Energia Atómica e da Sandia Labs fosse divulgada ao público americano.

Eles cometeram um grave erro táctico, porque agora a verdade sobre o seu papel no ataque de 11 de Setembro de 2011 à América está a ser publicado na Internet mundial, a nova imprensa de Gutenberg do mundo. O que a MC Rothschild não entendeu foi o poder da Internet e como as pepitas de verdade publicadas e transmitidas nela ressoam com as pessoas do mundo e se espalham como um incêndio, à velocidade da luz. A verdade está a ser difundida para as massas por toda parte.

Este erro táctico incrível da MC é tão grande que ele realmente vai condená-los à exposição completa e eventual destruição total que merecem. A ordem de Bibi Netanyahu para prosseguir e implementar o ataque nuclear à América em 11 de Setembro de 2001 vai ficar na história como um dos maiores erros da MC, erro esse que será responsável pela sua exposição e destruição pelo mundo que está a revoltar-se agora contra eles.

Os russos já vazaram os dados dos arquivos da agência internacional de energia atômica, da Sandia Labs e do Able Danger através de Edward Snowden. Em breve todos esses arquivos serão fornecidos a todos os americanos e ao mundo inteiro através da Internet, e isso não pode ser parado.

Um número de russos no Alto Comando Militar da Rússia e nas mais altas posições de liderança no governo russo sabem que foi a mesma cabala do crime organizado Czariana que criou os bolcheviques para assassinarem em massa 100 milhões de russos inocentes – e esses homens querem vingança.

É por isso que eles estão a certificar-se que os gangster banqueiros Rothschild serão desmantelados, o que vai decapitar a máfia Czariana e a sua fonte de dinheiro ilimitado e elástico através de contrafacção. É por isso que foi criado o Banco de Desenvolvimento dos BRICS – para substituir o Petrodólar como moeda de reserva mundial mas este, ao contrário do petrodólar americano, tem como garantia de emissão de moeda o ouro, prata e recursos reais, sem que seja permitida a falsificação.

Os 6 consórcios de meios de comunicação social estão a falhar, e a maioria dos americanos já não acredita em nenhuma das histórias que passam em horário nobre nos canais nacionais, em particular a multidão daqueles com menos de trinta anos, que escolhem factos da Internet e constroem as suas próprias crenças.

Tantos utilizadores da Internet rejeitam agora os 6 consórcios de meios de comunicação social que a verdade sobre os israelitas terem atacado a América a 11 de Setembro de 2001 está a tornar-se cada dia mais fácil de acreditar. Logo todos os cidadãos comuns da América ficarão a saber que Bibi Netanyahu, a sua Mossad e cidadãos de dupla nacionalidade perpretaram o ataque de 11 de Setembro de 2001 contra a América.

O Alto Comando Militar Americano sabe que Bibi Netanyahu ordenou que a sua Mossad e cidadãos de dupla nacionalidade atacassem a América usando armas nucleares a 11 de Setembro de 2001 em nome da mafia czariana (MC) Rothschild:
Diversas operações secretas de grande e profunda amplitude estão agora a ser implantadas globalmente para expor e decapitar a MC Rothschild e a sua fonte de dinheiro infinita e elástica.

Os seus dias de poder anti-humano agora são limitados. A equipa secreta, incrivelmente bem treinada dos EUA, chamada “Nuclear Snake-Eaters” [devoradores de serpentes nucleares] está agora a trabalhar duro à procura em todas as bolsas diplomáticas e expedições israelitas. Voando para monitorizar sobre sinagogas e embaixadas israelitas e casas seguras da Mossad com alta tecnologia de raios gama e detetores de neutrões de hélio-3. E usando satélites da mais elevada tecnologia e afinados de forma personalizada, focalizados na procura de todos os poços nucleares armazenados, bem como a trabalhar duro para recuperarem todos os poços nucleares roubados pelos israelitas em qualquer lugar do mundo fora de Israel.

Esta equipa de superelite foi alertada pelo telefonema de Michael Shrimpton ao MI-6 notificando-os de que uma bomba nuclear israelita de rendimento suficiente para destruir uma cidade (a “destruidora de cidades”) tinha instalado perto do estádio olímpico. Esta chamada erradamente o colocou na cadeia. A destruidora de cidades foi recuperada pelos “Devoradores de Serpentes Nucleares” que entraram na Inglaterra e recuperaram e desarmaram essa bomba. Infelizmente o MI-6 queria que essa arma nuclear fosse detonada para ganhar mais poder para a máfia Czariana na Inglaterra – sendo que a sua base fica dentro do Distrito Financeiro da Cidade de Londres – visto ela estar a perder poder rapidamente.

Um nome secreto para esses chefes da MC que dirigem grande parte do mundo desde a cidade de Londres é Gog e Magog, apesar de muitos historiadores acreditarem que esse é o nome secreto da Rússia, mas não é. É o nome secreto dos líderes superiores da MC, e aparentemente representa de onde eles vieram originalmente.

A equipa secreta de superelite dos “devoradores de serpentes nucleares” está pronta para ser implementada em Israel a qualquer momento, se a nação colapsar depois da maioria das corporações europeias se alienar de Israel e os EUA cortarem toda a sua ajuda, a fim de cumprirem a lei americana. É ilegal dar ajuda a uma nação que tem armas nucleares, e que não assinou o Acordo de Não-proliferação Nuclear. Israel tem armas nucleares detectáveis a partir de sensores baseados em hélio-3 e nunca o admitiu, nem assinou o Acordo de Não-proliferação Nuclear. Todos nós devemos exigir que o nosso Congresso e Administração cessem toda a ajuda monetária e militar a Israel e prendam todos os directores de espionagem israelitas do AIPAC, JINSA, do Conselho de Política de Defesa, ADL, etc.

Desconhece-se, mas suspeita-se que um número significativo dessas armas nucleares roubadas já foi recuperado. Foi relatado por informadores que uma mensagem muito solene foi comunicada a Bibi Netanyahu e aos seus Likudistas, assim como todos os membros superiores das frentes israelitas da espionagem na América, como a AIPAC, a JINSA, o conselho da política da defesa, a ADL e similares.

Qual seria essa séria advertência? Se os relatos de informadores forem precisos, a essas pessoas foi dito que se houver um outro ataque Israelita de bandeira falsa, aqueles que o requisitaram ou foram envolvidos serão caçados pela segurança nacional americana e eliminados, e as estruturas de defesa israelitas associadas com tais vontades serão transformadas em poeira.

O resto da história da MC Rothschild provavelmente será determinado por SI:
O futuro da MC Rothschild provavelmente será determinado pelos leitores do Veterans Today e nós, as pessoas que aprenderam sobre a história secreta e proibida da máfia Czariana, que foi retirada dos livros de história e bibliotecas pela MC para protegerem a sua história malévola que ninguém iria aceitar se fosse conhecida.

Então, partilhe esta história com sua família, amigos e associados e torne-a viral. Seja claro sobre isso – a menos que a MC seja capaz de operar em sigilo abjeto, ela será atacada de todos os lados e destruída para sempre. Então, tire-lhes o secretismo expondo a sua história oculta para todos poderem conhecer e entender.

É por isso que eles têm trabalhado tão arduamente para comprar e controlar o os meios de comunicação e educação públicos de massas, incluindo escolas e universidades, para se certificarem de que as pessoas do mundo nunca iriam descobrir o seu mal secreto, que é tão desumano, tão homicida que o todo o mundo iria simplesmente cair sobre eles e atacá-los de todos os lados, a todos os níveis em que existem.

A grande questão permanece: A verdadeira causa dos líderes do mal incrível e da selvageria da máfia Czariana em relação à raça humana é um subproduto ou natureza ou foi nutrido para esse fim? Alguns acreditam que esse parasitismo grosseiro e inclinação para assassinar em massa, envolver-se em pedofilia e sangrar crianças em sacrifícios humanos é devido a uma cultura tóxica, melhor descrita como tribalismo maligno, caracterizado por um delírio paranóico de superioridade racial. Outros pensam que os líderes da MC são a linhagem de Caim, isto é, “filhos de Caim”, que são a linhagem do Diabo e não têm absolutamente nenhuma alma ou Consciência humana, mas são predadores puros como uma besta selvagem – enquanto ao mesmo tempo, incrivelmente, têm duas faces, que são capazes de colocar para criar um bom engodo mascarado por rosto exterior bonito. Talvez possam ser ambos os factores. Em qualquer caso, é hora de expor esse mal, o maior mal que o mundo já experimentou. É tempo do mundo trabalhar em conjunto para erradicar este problema agora e para sempre, por todos os meios necessários.

Mike Harris é o editor financeiro do Veterans Today, um apresentador de rádio, ex-presidente do GOP Finance, candidato a governador do Arizona e vice-presidente sénior do Adamus Defence Group, na Suíça. Mike é um especialista em artes marciais mistas de contacto completo. A sua experiência de longa data fê-lo ganhar imenso respeito e o apelido de “Iron Mike”. Mike fez parte do grupo do Veterans Today que estiveram presentes na conferência de Damasco para combater o terrorismo e o extremismo religioso. Mike deu cerca de vinte e cinco entrevistas televisivas que foram transmitidas para milhões de espectadores na Síria, Iraque, Líbano e Irão. Nessas entrevistas, Mike enfatizou e apoiou a declaração histórica do orador principal, do veterano editor e presidente Gordon Duff, de que o verdadeiro problema do Terrorismo Mundial é um grande Sindicato do Crime Organizado.

Vídeo de bónus para aqueles que têm tempo e interesse sobre o tema da cabeça da serpente da máfia Czariana (MC):



Fonte: http://www.veteranstoday.com/2015/03/08/the-hidden-history-of-the-incredibly-evil-khazarian-mafia/

Postagens mais visitadas